O primeiro som


Nascer dói todos os dias

Crescer dói


O primeiro choro

As primeiras palavras

O aprendizado


Nascer também não dói


Onde há lágrimas também há sorrisos

Onde existem monossílabas existirão frases com melodias



Rosalina Herai






sexta-feira, 19 de julho de 2013


Ah! o amago do ser sob as cascas
O pedaço verdadeiro que pulsa
Seiva de vida não adormecida
O relógio da vida compassado

Minto eu em minhas conjecturas
Sob as cascas há um ser cujo coração se descompassa
Mora nas quedas e nos voos do espírito que  habita
Mora nas juntas dos caminhos em que passa

O encontro sob as cascas mostram o ser verdadeiro
Do homem totalmente sensível que ninguém  viu
O viu apenas e claramente a seiva que nele fluía
Viu a luz entrando por seus olhos até atingi-la

Dorme homem com a seiva que lhe liberta
Dorme em seu interior  conhecendo a vida
Dorme o corpo sem cascas 
Dorme o coração

Rosalina Herai





Nenhum comentário: