O primeiro som


Nascer dói todos os dias

Crescer dói


O primeiro choro

As primeiras palavras

O aprendizado


Nascer também não dói


Onde há lágrimas também há sorrisos

Onde existem monossílabas existirão frases com melodias



Rosalina Herai






terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Sementes



Sementes de esperanças
brotam no coração da liberdade
de um sonho consagrado
pela lágrima colhida no sereno

Poeta da Paz

Rogério Miranda

Poetas partem para outros planos
Vão ao encontro da paz plena
Sementes na terra deixaram
Sementes que renascem e renascem
Letras, palavras, sons, silêncios

Fazem um mundo diferente
Porque despertam dentro dos corações
A sensibilidade, o verde vivo da vida, 
Falam de fé e de Deus
Falam da criação
De cada obra
Reparam nos detalhes
No carinho, no capricho que Deus teve
Ao criar

São vitrines dos olhos de Deus


O dever do poeta é despertar a vida
Mostrá-la em todo seu explendor
Como Deus desejou que todos vissem
Sem ferir, sem machucar
Mostrar o dom da vida
Que ela só pode existir
No amor e na paz


Rosalina Herai










2 comentários:

Sueli Rodrigues disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rosalina Herai disse...
Este comentário foi removido pelo autor.